Ordem dos Cartuxos

O dia típico duma monja cartuxa

Louvor matutino no segredo da cela

7h00 : Somos convocadas à oração. Ação de graças pelas maravilhas da criação e pelo surgimento do Ressuscitado que nos leva nele, o ofício de prima é recitado por cada monja em sua cela. Ao som do sino, todas oram ao mesmo tempo, fazendo do mosteiro um só louvor à glória de Deus.

Segundo a inclinação de cada qual, as monjas conversas podem recitar o mesmo ofício de salmos que as monjas de claustro ou bem um ofício composto de «Pai Nossos», «Ave Marias» e «Glória ao Pai», que resume em si só toda a oração e que enlaça à monja com uma longa tradição monástica. Qualquer que seja a fórmula adotada, esta oração litúrgica é sempre um ofício da Igreja. Por intermédio da Ordem Cartusiana a Igreja confia à monja um verdadeiro ministério.

Segue um tempo de oração. A cartuxa se esforça por oferecer a Deus um coração simples e um espírito purificado, e de fixar nele seus pensamentos e seus afetos. Se ela é fiel, dia após dia, de seu próprio silêncio nasce nela algo que lhe leva a querer ainda mais silêncio. Desta maneira não só receberá o dom de servir a Deus, senão também de unir-se a ele.

Moniale à l'oratoire
© 1998-2019 Ordem dos Cartuxos • Informações legaisContato