Ordem dos Cartuxos

A vocação das monjas cartuxas

Livre para Deus

A vida na Cartuxa tem um caráter de absoluto: Só Deus, para sempre.

A sua exigência é infinita, mas é uma exigência de amor: fazer profissão de fidelidade, de seguir a Cristo até à morte, viver sempre unida a Ele.

A monja cartuxa foi escolhida por Deus.

Ela escolheu Deus, escolheu tudo

e a sua escolha é irrevogável.

Encarna esta decisão de não voltar atrás no momento de pronunciar os seus votos de conversão de costumes, de estabilidade e de obediência.

Seduzida pelo amor de Cristo, deu-se a Ele.

Tornou-se livre, na esperança de amá-Lo até o extremo, a Ele e aos seus que estão no mundo; amar como Ele amou, e desde o seu amor.

© 1998-2020 Ordem dos Cartuxos • Informações legaisContato